quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

ACORDO DE RECUPERAÇÃO FISCAL DO RIO É ADIADO PARA SEMANA QUE VEM !

AO CONTRÁRIO DO QUE DIZEM, NÃO SAIU ACORDO NENHUM. 

De "boca" está quase tudo certo, mas no papel e em definitivo ainda existem pontos a serem acertados. As partes esbarraram no desacordo sobre a PRIVATIZAÇÃO DA CEDAE e no PRAZO que o GOVERNADOR PEZÃO quer para poder reorganizar sua base de apoio e conseguir na ALERJ, aprovar as medidas que são basicamente as mesmas REJEITADAS pelos servidores e pela própria ASSEMBLÉIA do Rio.

Avançaram bastante nos pontos que são dados como "certos", mas existem detalhes JURÍDICOS importantes que devem ser muito bem avaliados, caso contrário darão margem a uma avalanche de ações na Justiça. Não foi possível, assim, cumprir o que haviam prometido. Primeiro disseram que hoje o Plano iria ser apresentado a TEMER, depois adiaram para amanhã, e agora por último disseram que está tudo certo, mas, só semana que vem.

O governo federal garante que não vai colocar TOSTÃO de dinheiro NOVO no Rio, mas vai facilitar a TOMADA DE EMPRÉSTIMOS junto aos Bancos Públicos. 

Ou seja, nada definido, e muita água para passar por baixo da ponte.

====================================================================
Ministro da Fazenda anuncia acordo para recuperação fiscal do Rio de Janeiro

11/01/2017 19h05
Brasília
Heloisa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou hoje (11) que o governo federal fará um acordo com o governo do Rio de Janeiro para recuperação fiscal do estado. Sem detalhar as regras do plano, Meirelles disse que a íntegra da medida deve ser divulgada na próxima semana.

“O acordo é viável e concluímos que, sim, temos todas as condições de fechar o acordo. 

Essa é a grande notícia”, disse Meireles. “Agora vamos trabalhar no detalhamento do acordo. Algo que deve demandar mais uma semana de trabalho”, explicou o ministro, após reunião com governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão.

O ministro descartou a concessão de novos empréstimos ao governo do Rio de Janeiro pela União, no entanto voltou a mencionar que privatizações podem estar no plano de recuperação do estado. Meirelles afirmou ainda que o Rio de Janeiro tem espaço para aumentar receitas e reduzir despesas.

“O que existe agora é um trabalho conjunto de definição das medidas, qual estruturação jurídica, tudo que será necessário, definição precisa de números. É um trabalho que precisa ser muito bem feito, objetivado, de maneira que de fato seja um acordo bem-sucedido”, disse Meirelles.

O governador do Rio de Janeiro ressaltou que o acordo devolve autonomia fiscal ao estado. “É um avanço para o Rio de Janeiro extraordinário. O Rio de Janeiro volta a ficar viável e é um estado que não vai ficar só na dependência mais do petróleo”, destacou.

Após o encontro, Meirelles e Pezão se reuniram com o presidente da República, Michel Temer. Quando finalizado, o plano será submetido à análise de Temer e à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmem Lúcia, que precisa homologar o acordo.

No início da semana, após reunião com Pezão no Rio de Janeiro, Meirelles ressaltou que plano objetiva resolver de maneira definitiva o problema fiscal do Rio, que perdeu com a queda de receitas oriundas do petróleo. 

Ele destacou que o plano tem por base medidas de austeridade já apresentadas pelo governo do estado. Entre elas, o aumento da contribuição previdenciária dos servidores, rejeitadas pela Assembleia Legislativa do Rio, que também precisará aprovar agora a proposta do Ministério da Fazenda.

Edição: Amanda Cieglinski

83 comentários:

  1. BOM DIA A TODOS E A EQUIPE DO BLOG. QUERIDOS MAIS UMA VEZ VAMOS SER VITIMA DOS ESTELIONATÁRIOS (171) OU QUALQUER OUTRO ADJETIVO QUE SE POSSA USAR PARA ESSA CORJA. O ACORDO QUE VAI SER ANUNCIADO PELO PAU MANDADO CUJA ALCUNHA É "MEIRELLES" NÃO PASSA DE UM ENGODO PROPOSTO NO PACOTE DE MALDADE DO SR QUE TEM COMO VULGO "PEZÃO", A ARTIMANHA É CONSTRUIR NESTE ACORDO TUDO QUE FOI REJEITADO PELA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, INCLUINDO OS 16% COMPULSÓRIOS PARA O RIO PREVIDÊNCIA E TUDO ISSO COM O AVAL DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, QUE JÁ FOI CASA DO POVO E HOJE VIROU SERVIDOR DO EXECUTIVO, É TRISTE, É ALARMANTE, É DESESPERO TOTAL, PORÉM PRECISAMOS REAGIR, VAMOS A LUTA, ESTA É E SEMPRE SERÁ A ATITUDE DO CARIOCA, LEVANTA A CABEÇA SERVIDOR PÚBLICO.
    OBS: SÓ UM RECADINHO PRA AO SERVIDOR DA ÁREA DE SEGURANÇA, NÃO VAI TER O REAJUSTE E NEM TAMPOUCO DATA PARA SALÁRIO DE DEZEMBRO, CHUPA ESSA MANGA. AÇÃO E REAÇÃO OU ACEITA OU PARTE PARA A LUTA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUE BOM QUE VOCE FICA FELIZ EM NOS DA SEGURANÇA NÃO RECEBER, SÓ TEM UM DETSLHE CHUPANDO A MANGA OU NAO EU SEMPRE ESTOU LUTANDO POR TODOS SERVIDORES SEMPRE QUE POSSO.

      SOU BOMBEIRO MILITAR
      O POVO PÕE O POVO TIRA

      Excluir
    2. A parcela do reajuste de janeiro de 2017 já está valendo! O que poderá ser suspenso será as seguintes, de 2018 e 2019. Mas precisará passar na ALERJ! O de 2017 já é um ato jurídico perfeito, gerou direitos!
      Eu acredito sue os pagamentos de novembro sejam finalizados até o dia 13 e assim eles começarão a pagar a Segurança! Dia 13, décimo dia útil!

      Excluir
    3. Se cortarem pela metade o salários e vantagens de Deputados teremos a economia de 600 mil, se cortar do judiciário juízes, são mais 600 mil, se cortar pela metade dos secretários e presidentes de autarquias são mais uns 600 mil. Do governador e do vice, retirando as vantagens são mais uns 200 mil. Se é para cortar tem começar primeiro do legislativo e judiciário e dos presentes das autarquias. De quem não vê aumento a 3 anos não deve ser cortado. Aumento dá cota previdenciária nunca, se quiserem somente para quem está entrando no Estado agora.

      Excluir
    4. Anonimo das 17:58 oq mais me indigna nisso e saber que vcs estao sempre precisando e chamando nos da segurança pedindo uniao e enquanto eu e muitos servidores lutamos por vcs eu nao sabia que a falta de pagamento nosso os deixariam tao felizes e com o coração mais calmo nisso tudo mais entendo vc pois isso e o suficiente para ti confortar nessa falta de pagamento integral de vcs isso sim e um conforto otimo para vc conforto com a desgraça alheia parabens anonimo vc e bom mesmo alguma coisa tinha que lhe deixar mais calmo ne

      Excluir
    5. Corrigindo 19:58****

      Excluir
  2. BOA NOITE,SERVO. RECEBI A PARCELA DE 320 REAIS.MUITO OBRIGADO PELAS INFORMAÇÕES E APOIO. RENATA

    ResponderExcluir
  3. Boa noite!! O Brasil tem que parar!! O desgoverno vai exterminar com todos!!

    ResponderExcluir
  4. Acabando de ver a matéria de um cidadão desesperado que parou a Ponte Rio Niterói pq estava sem receber, dois dias sem se alimentar e sem ter nada para oferecer para família. Tristeza meu Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito triste.não podemos ficar parados, a gente tem fazer alguma coisa!!

      Excluir
    2. NÓS PUBLICAMOS A MATÉRIA NO CONEXÃO NOTÍCIAS.

      Excluir
    3. Bom dia! Com relação ao acordo de Pezão e Meirelles, pelo que eu entendi, já está formalizado, portanto, ainda não divulgar para não mexer nos animus dos servidores e ainda falta alguns ajustes das maldades, ou seja, dependem de aprovação de alguma projetos federais e da Alerj, como a maioria está de férias, creio que vão enrolar até o final do mês. Mas gente se preparem que vai chegar dinamite... Pior do que estamos esperando.

      Excluir
    4. Alguém comentou que vira o reajuste da GDL da PC pode tirar o cavalo da chuva. O valor seria para o salário de Janeiro, (recebe fevereiro) ainda vai pagar dezembro. Um dos pontos do acordo de Pezão e Meirelles é cortar qualquer tipo de oneracao da folga. Em fevereiro os deputados que estão de férias no exterior passeando com a família, com o nosso dinheiro, certamente vão passar a faca na GDL. E o que eu vejo na minha bola de cristal.

      Excluir
  5. SERVO VEJA:

    Comissão de Trabalho da Câmara aprova demissão de servidor por insuficiência
    A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou nesta terça-feira (9) o Projeto de Lei Complementar 248/98, do Poder Executivo, que disciplina a demissão de servidores públicos estáveis por insuficiência de desempenho. A proposta, que tramita em regime de urgência, segue para o Plenário.
    A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou nesta terça-feira (9) o Projeto de Lei Complementar 248/98, do Poder Executivo, que disciplina a demissão de servidores públicos estáveis por insuficiência de desempenho. A proposta, que tramita em regime de urgência, segue para o Plenário.

    O projeto já havia sido aprovado pela Câmara, mas voltou à Casa por ter sido alterado pelo Senado, que incluiu novas categorias entre as carreiras consideradas típicas de Estado e ampliou a proteção a essas carreiras. As alterações foram rejeitadas pela comissão.

    Entre os critérios de avaliação dos servidores previstos pelo projeto estão baixa produtividade, descumprimento das normas de conduta e falta de assiduidade e de pontualidade.

    Pelo projeto, a avaliação de desempenho será anual e feita por uma comissão composta por quatro servidores, sendo três deles estáveis. O resultado deverá seguir os critérios de avaliação previstos na lei e indicar os fatos e as circunstâncias que levaram a comissão ao resultado final. O servidor que tiver o desempenho considerado insuficiente será submetido a processo de capacitação ou treinamento.

    Aquele servidor que receber por dois anos consecutivos o conceito de desempenho insuficiente será desligado do serviço público, após a conclusão do processo administrativo. O mesmo acontecerá com o servidor público que tiver três conceitos negativos no período de cinco anos. O texto assegura ao servidor o direito de acompanhar todo o processo de avaliação e de recorrer da decisão.

    Emendas do Senado rejeitadas

    O PLP 248/98 também define quais são as carreiras exclusivas de Estado, ou seja, aquelas atividades consideradas estratégicas para o serviço público. O relator do projeto, deputado Luciano Castro (PR-RR), rejeitou as emendas feitas pelo Senado e manteve o texto aprovado anteriormente pela Câmara.

    Na principal emenda apresentada, os senadores incluíram várias outras categorias, como oficiais de chancelaria; antropólogos e pesquisadores da Funai; e engenheiro agrônomo do Incra, como carreiras exclusivas de Estado, além das que já tinham sido aprovadas na Câmara, como advogado da União e auditor fiscal. Luciano Castro se manifestou contrário a essa ampliação, por entender que o assunto foi debatido de maneira extensa na Câmara e "não se acredita que haja algo a subtrair ou a acrescer no elenco aprovado". A comissão acolheu o parecer do relator.

    Outra emenda rejeitada impedia que esses servidores das carreiras exclusivas fossem submetidos a regime contratual de trabalho (Lei 9962/00). Sobre essa emenda, Luciano Castro afirmou que "a Constituição impede a submissão de atividades exclusivas de Estado a regime contratual, tendo em vista que não se podem reduzir garantias que a Constituição determina sejam ampliadas".

    Uma terceira emenda tratava de regras que criavam embaraço para demissão desses funcionários. Nesse caso, o relator argumentou que as garantias constantes do projeto enviado ao Senado já eram bastantes, além de possuírem alcance universal.

    A CCJ não analisou o mérito das emendas do Senado, apenas sua constitucionalidade. As emendas foram consideradas constitucionais.

    Fonte: Roberto Seabra/Agência Câmara


    O GOVERNO ESTÁ COM PRESSA!!!
    ESTÃO ARMANDO PARA CIMA DA GENTE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Servo, boa noite. Esse texto acima que fala de demissões, é atual, é verdadeiro?

      Excluir
    2. Não me parece ser nada atual. Os projetos de lei são de 1998, o relator foi deputado até 2015, etc.

      Excluir
    3. Isso é muito antigo. Eu nem sei se chegou a ser aprovado.

      É uma proposta de 1998, que teve movimentação em 2000 e depois em 2007.

      Sinceramente não vejo como uma ameaça nesse momento. Vou ter que pesquisar.

      Excluir
  6. SERVO ESTE PROJETO ESTAVA PARADO, MAS DERAM PROSSEGUIMENTO EM 09/01.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. em 09/01 de que ano ?

      A CÂMARA ESTÁ EM RECESSO, O SENADO IDEM.

      por favor dê mais informações.

      Excluir
  7. SERÁ QUE ESTOU ERRADA OU ELES ESTÃO CRIANDO A CAMA DE GATO.

    ResponderExcluir
  8. DIMINUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA.
    AUMENTO DE PRODUTIVIDADE.
    DEMISSÃO VOLUNTÁRIA OU DEMISSÃO POR JUSTA CAUSA.

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. com essa istorio o decimo terceiro ficou esquecido

      Excluir
    2. Sou aposentada.o que eu posso falar no momento difícil que eu e muitos aposentados estão vivendo

      Excluir
  10. Boa noite. Recebi a parcela de 320 reais.

    ResponderExcluir
  11. ESSE AUMENTO DA CONTRIBUIÇÃO PREVIDÊNCIARIA É OS 14% OU CORRE O RISCO DE VOLTAREM COM A PROPOSTA INDECENTE DOS 30 % ??
    André

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ANDRÉ

      14% é absurdo, 30% seria CONFISCO. Eles vão propor ou impor 14% e já pé muito.

      Um abraço

      Excluir
  12. ACHO EU QUE NINGUÉM SABE AINDA, POIS NÃO COMENTARAM NADA O MINISTRO E NEM O GOVERNADOR, COMO SEMPRE

    ResponderExcluir
  13. Não caiu nada ainda, pensionista PMERJ rio previdência

    ResponderExcluir
  14. Servo boa noite sobre o que o anônimo das 20.18 horas publicou é verdadeiro? Gostaria de saber por que tenho um filho que está no estágio comprobatório na prefeitura de São Pedro Da Aldeia faltando 8 meses ainda para completar os 3 anos obrigatório obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ♧♣♧♣♧♣♧♣♧♣

      ""ANÔNIMO DAS 20:59""
      Seu filho que está em estágio PROBATÓRIO não corre nenhum risco.
      Fique descansada.

      ♧♣♧♣♧♣♧♣♧♣
      Luanna

      Excluir
    2. Luana mas corre o risco de não ser efetivado correto? Aprendi é probatório obrigado

      Excluir
  15. Engraçado, ninguém fala mais de CPMF, sabe pq??? O senhor Paulo Skad, presidesbde da FIESP e o senhor Eduardo Eugenio da FIRJAN conseguiram fazer com que a população ficasse conta. Descontar 0,38% de quem ganha R$ 1.000,00 pagaríamos R$ 3,80 agora descontar de quem movimenta milhões!!!!! Então fica na conta do servidor público mesmo que pode entubar oa 14% mesmo.

    ResponderExcluir
  16. Temer Pezão e Meirelles colocaram terror em cima dos servidores durante meses e agora vai nos empurrar goela abaixo todas as maldades que um governo sem legitimidade se atreve a fazer com a população ,depois que passar no rio sera a vez do pais todo

    ResponderExcluir
  17. nada conta Itaú aposentada DER

    ResponderExcluir
  18. Pencionista rioprevidência 320,00 entrou tem meia hora

    ResponderExcluir
  19. Esses 14% esta valendo para os pensionistas tbm?

    ResponderExcluir
  20. Nada ainda.. rioprevidencia.

    ResponderExcluir
  21. Impressionante,na coletiva a imprensa especulou várias coisas porém não perguntaram como ficam os salários atrasados e o 13 salário, será que alguém está interessado em saber quando essa situação vai normalizar ????

    ResponderExcluir
  22. Nada ainda. Rioprevidencia pensionista itau pmerj

    ResponderExcluir
  23. Impressionante,na coletiva a imprensa especulou várias coisas porém não perguntaram como ficam os salários atrasados e o 13 salário, será que alguém está interessado em saber quando essa situação vai normalizar ????

    ResponderExcluir
  24. OI SERVO,BOA NOITE. SOU PROFESSORA DE RIO BONITO E A PREFEITURA DECRETOU ESTADO DE CALAMIDADE FINANCEIRA E REDIGIU UM COMUNICADO DIZENDO QUE TOMARA DECISOES , INCLUSIVE SE FOR NECESSARIO A DEMISSAO DE FUNCIONARIOS EFETIVOS. EU PERGUNTO : O PREFEITO PODE FAZER ISSO?

    ResponderExcluir
  25. O PG d Dezembro e o 13°, alguma novidade??

    ResponderExcluir
  26. Minha vó aposentada dá educação Itaú e minha mãe pensionista Itaú nada na conta dessa parcela de hoje será que só o Itaú não recebeu?

    ResponderExcluir
  27. SOCORROOO. ESTOU SENDO LESADAAA....

    SOMENTE OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS ESTÃO RECEBENDO ?

    PORQUE ENTÃO A MINHA PENSÃO ALIMENTÍCIA VEIO DESCONTADA DA PARCELA E NÃO A PARCELA DE 320,00? ESTE VALOR É PARA ATIVO ?

    ResponderExcluir
  28. Boa Noite,

    Mas é incrivel que nesta fase de acordo nao ha uma palavra no blog e nem nas negociaçoes deles sobre os super salarios da elite dos funcionarios do Rio de Janeiro. Nenhuma palavra sobre as vantagens sem limites. O governador decidiu finalmente nao reduzir o seu proprio salario nem os dos secretarios. Eles tem uso pessoal de helicoptero e etc. E simbolico, mas também tem um custo bem réal. Penso que deveriamos novamente inundar o e-mail da Sra Carmem Lucia solicitando um minimo de igualdade de tratamento entre os servidores do Estado. Nao so uma parte da categoria foi sacrificada durante um ano inteiro, familias completamente desestabilizadas, endividadas, mas a cupula nem pensa em diminuir privilegios, alem de salarios altissimos pagos em dia!!!
    Deveriamos tentar levar para a midia essa tematica da gritante desigualdade entre funcionarios. Digo isso sem me esquecer que somos muito privilegiados ainda em comparaçao a outras categorias que servem o Estado com estatus precarios e a beira do desemprego, senao ja desempregados.
    Teria que haver nesse acordo pelo menos uma ligna a respeito dos gastos dos altos funcionarios en complemento de altos salarios.
    O dinheiro nao é deles, é apenas provisoriamente mal administrado por eles e em interesse proprio.
    Fiquei furiosa de receber os R$320. Uma migalia, uma esmola. Um valor arbitrario.
    E.A.

    ResponderExcluir
  29. Sem o acordo bem capaz de bloquearem de novoe dezembro não ser pago tão cedo

    ResponderExcluir
  30. Servo boa noite esse desconto de 14 vale para os aposentados também

    ResponderExcluir
  31. http://m.oglobo.globo.com/rio/picciani-sugere-que-pezao-peca-uniao-que-assuma-uerj-20761436

    ResponderExcluir
  32. Eles tão fazendo de um jeito que tá enlouquecendo agente,Se eles cortarem metade do salário daqui a pouco vai todo mundo aceitar.antes a metade em dia do que nenhum,São uns sacados,maquiavélicos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo amor de Deus, não dá ideia esse governo é tão argiloso, que é bem capaz de ficar de plantão no blog...

      Excluir
  33. Pessoal boa noite acabei de ler agora no jornal o dia.que vai ser ou aumento pros 14% ou redução do horário de trabalho. Assim o Pezão está afirmando na reportagem .Mesmo assim não é uma boa notícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que será ou aumento da contribuição previdenciaria ou a redução de salário e jornada!
      http://odia.ig.com.br/economia/2017-01-11/pezao-diz-que-rio-deixa-de-ser-refem-do-petroleo-com-acordo-entre-estado-e-uniao.html

      Excluir
  34. Boa noite, alguém sabe o dia do pagamento de dezembro. Obrigado

    ResponderExcluir
  35. Governo infeliz, quer nos levar à loucura só pode...

    ResponderExcluir
  36. Não é possível que não haja nenhum plano em caráter de urgência que amenize nosso sofrimento, isso só pode ser uma manobra do mal...

    ResponderExcluir
  37. Servo temos que falar sobre os super salários

    ResponderExcluir
  38. O Brasil tem que parar, como fizeram na Tailândia, rapidamente resolveram tudo!! É uma covardia o que estão fazendo, é genocídio!! Só mesmo uma greve geral!! Bom dia!!

    ResponderExcluir
  39. Cade você servo? Bom dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOM DIA !

      Seu nome é ?

      Estou aqui. Desde cedo trabalhando, lendo comentários, e preparando a próxima matéria.

      Excluir
    2. Servo bom dia obg pelas suas informações adoro esse blog aqui eu sei de tudo

      Excluir
  40. Eu n sei porque o meu povo daí do Rio ainda n colocou essa aberração do Pezão pra fora. E o Brasil esse restante de criminosos do pmdb!!!!Parece que brasileiro ta tudo dopado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos e escorado
      Lidiane
      As autoridades competentes está a par dessa situação e nada faz,sabe porque o judiciário está com salário em dia,em quantos os outros estamos morrendo de fome.
      Tem que se feito uma faredura nesse governo,mais nada é feito.

      Excluir
  41. Ainda nada. Rioprevidencia itau

    ResponderExcluir
  42. Pensionista da rioprevidencia pmerj Itau nada ainda. Tem mais alguém que ainda não recebeu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pensionista pmerj banco SANTANDER nadaa !

      Excluir
  43. BOM DIA

    Os depósitos devem continuar ao longo do dia referentes a parcela de r$ 320,00.

    No final da tarde a previsão é d eque comecem os depósitos programados para hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais só para o pessoal da portabilidade né? Pois td mundo que recebe pelo bradesco recebeu...

      Excluir
  44. bom dia
    aposentada saude itau. ainda nao recebi.Porque uns recebem dia 11 e outros receberao dia 12.O bradesco pagou o itau nao.Esta errado isso

    ResponderExcluir
  45. sou pensionista do rioprevodencia e recebo pelo itau e até agora nada... E meu marido aposentado plo rioprevidencia e itau e nada tb... Pode isso???? Essa portabilidade foi uma M....

    ResponderExcluir
  46. Pensionista recebo pelo itaú nada na conta ainda cadê os 320

    ResponderExcluir
  47. Não recebi a terceira parcela. Nâo sei o que fazer. As duas primeiras o banco pegou. Não tenho como pagar luz, condominio, plano de saúde, gás. Por que não recebi a terceira parcela? Corre o risco de não receber a de hoje também?! Estou desesperada. Não tenho familia, sou sozinha. Pensionista. Por favor alguém pode me orientar o que fazer ou porque de não ter recebido? Obrigada. Ainda teria que receber a do dia 17. Não sei o que posso fazer.

    ResponderExcluir
  48. Também não recebi os 320,00! Recçamar pnde, com quem? Pensionista Rioprevidência, banco Itaú.

    ResponderExcluir
  49. Bom dia amigo Servo, você sabe informar se os ativos da Educação irão receber no décimo dia útil? Estou desesperada, pois meu pagamento vai todo para o banco Bradesco...antes de este dia...por favor me ajude.

    ResponderExcluir
  50. No site do Dia pag economia t uma reportagem c o Victer dizendo q vai confirmar ainda hj o pagamento dos ativos dá Educação.

    ResponderExcluir
  51. Plano de Austeridade sem proposta de recuperação de empregos e concurso público.

    Não é sério trata-se de uma manobra politica eleitoreira e tentativa de abafar as consequencias das delações premiadas.

    ResponderExcluir
  52. Penso que o vai pegar nesse acordo é o que eles estão chamando de "federização" da CEDAE. É um orgão com um sindicato forte, já tentaram privatizar e foi complicado. É o orgão dos super salários, de acordo c eles, é um pessoal bom de briga
    Isso pode arrastar o processo/acordo.
    Vamos esperar
    Qto à Alerj o governador pode iniciar a legislatura antes em regime de urgencia. Tem q pesquisar
    O mais importante é a questão fiscal q temos q temos q torcer p dar certo
    A contribuição prev vai ser entubada n se iludam
    Vamos esperar pgto dez e 13°

    ResponderExcluir
  53. Será que nós funcionários públicos da Segurança Pública não vamos agir! Eu topo!! Vamos à luta pelos nossos direitos!! E por aqueles que sofrem e não tem como cobrar! Pesão ladrao pediu guerra!! Então guerreiros não podemos fugir à luta fogo neles!! Ladroes, safados! Os maiores bandidos da história do brasil!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM